Quem somos

A Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec) foi criada em Janeiro de 2015, para fomentar políticas públicas de industrialização e desenvolvimento econômico do Estado do Pará e estimular os investimentos de infraestrutura produtiva, econômica e social, contribuindo para o crescimento sustentável por meio de prospecção de oportunidades de negócios, geração e manutenção de empregos e renda, modernização das estruturas produtivas, aumento da competitividade estadual e redução das desigualdades sociais e regionais.

Definido seu papel, a Codec começou uma importante consolidação de seu plano estratégico, com fundamental participação dos colaboradores da Companhia, além da importante mediação e emprego de modernas técnicas de reestruturação empregadas pela Secretaria de Planejamento (Seplan) e Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme).

Atração de Investimentos

Em paralelo, diversas ações de apoio a investidores nacionais e internacionais têm sido intensificadas desde Janeiro de 2015, além de reuniões estratégicas com potenciais globais interessados em investir no Estado. Com vistas a contribuir para a melhoria do ambiente de negócios no Pará, a Codec se faz presente em vários eventos, como seminários de empreendedorismo, de atração de investimentos e de arranjos produtivos, seja como participante, seja como expositora. Ainda nesta perspectiva, tem representação em grupos de trabalho como Alimentos e Bebidas, Açaí e APL de Cosméticos, visando identificar oportunidades de negócios com foco na agregação de valor e desenvolvimento das cadeias produtivas, conferindo-lhes assim maior competitividade.

Distritos Industriais

Outra importante ação da Codec está na prospecção de novos Distritos Industriais, assim como reestruturação dos já existentes. Trata-se de uma ação coordenada em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme). Vale ressaltar que o Estado do Pará conta com 181 empresas ativas instaladas nas Zonas Industriais administradas pela Codec, sendo estes os Distritos Industriais de Ananindeua, Icoaraci, Barcarena e Marabá, além de áreas em processo de implantação como as fases 2 e 3 de Marabá. Os Distritos de Castanhal, Santa Bárbara, Breves, Tucuruí e Santarém encontram-se em fase avançada de estudos.

Zona de Processamento e Exportações (ZPE)

Ainda acerca da administração das zonas industriais e de serviços, podemos destacar negociações importantes, onde a Companhia tem colaborado ativamente no auxílio técnico de áreas para implantação de novos negócios em setores como de fertilizantes granulados que, com tecnologia própria e capacidade inicial de produção de 300.000 ton./ano de produto final, expansível até 500.000 ton./ano, irá impactar positivamente na geração de emprego e renda com sensível fortalecimento do agronegócio em nosso Estado.

No mesmo passo, importante avanço se verifica quanto ao processo de implantação da Zona de Processamento de Exportações que, no âmbito do Estado do Pará, encontra-se localizada no município de Barcarena sendo administrada pela Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportações de Barcarena (Cazbar), uma Companhia subsidiária integral da CODEC, em regular funcionamento.

CODEC e Parceiros

Diante da nova realidade da Codec percebemos claramente o crescente grau de importância da Companhia num papel transversal junto aos diversos atores públicos e privados do Estado do Pará, sempre com vistas a instalação de novos empreendimentos no Estado, bem como ampliação de outros existentes, sejam dentro das Zonas Industriais e de Serviços administrados pela Codec, e até fora delas.

Importante ressaltar que o trabalho desenvolvido pela Codec enquanto prospecção, manutenção e consolidação de novos negócios vem sendo dinamizado em virtude das excelentes parcerias e acordos de cooperação institucional celebrados com órgãos estratégicos do Pará, onde podemos citar a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisa do Pará (Fapespa), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), Parque de Ciência e Tecnologia do Guamá (PCT Guamá), Companhia de Habitação do Pará (Cohab), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), Ministério Público Estadual (MPE) e Ministério Público Federal (MPF).

O processo continua, e com ele a vontade de fazer mais e melhor, sempre com firme propósito na agregação de valor dos produtos abraçados pelo setor produtivo do Estado, além do foco na geração de emprego, renda e consequente melhoria na qualidade de vida da população do Pará.